Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Umuarama

Escolas finalizam trabalhos do programa  Jovens Empreendedores Primeiros Passos

Escolas finalizam trabalhos do programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos

  Por meio da Secretaria Municipal de Educação, a Prefeitura de Umuarama mantém há alguns anos um projeto em conjunto com o Sebrae, o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), que objetiva a aplicação da metodologia nas escolas da rede pública, envolvendo professores e alunos do Ensino Fundamental I (séries iniciais). “O projeto busca disseminar a cultura empreendedora entre crianças e adolescentes, para despertar e fortalecer o espírito empreendedor”, explica a secretária de Educação do município, Maria Clory Zanferrari. Neste ano, a metodologia do JEPP foi aplicada aos alunos do 4º ano, que trabalham a ideia “Locadora de Produtos”. Os resultados têm sido um sucesso na comunidade escolar. “Os conhecimentos sobre a metodologia utilizada do Programa são repassados por facilitadores/ formadores do Sebrae, habilitando nas equipes para aplicarem os conceitos. Os coordenadores pedagógicos recebem formações junto ao Sebrae e orientam os professores. Na parceria, também recebemos todo o material de trabalho do professor e do aluno”, acrescentou a secretária. Visando disseminar a cultura empreendedora e o espírito empreendedor, ao final das aulas aplicadas dentro do projeto os alunos são convidados a aplicar na prática o que aprenderam. O encerramento dos trabalhos em cada escola, neste ano, acontece no período de 13 a 30 de novembro, com a efetiva locação de produtos. “De acordo com a metodologia do programa, o dinheiro arrecadado pelos alunos na locação será revertido para a própria turma, que definirá – com a participação do professor – como será a utilização do dinheiro arrecadado. Por isso, convidamos toda a comunidade escolar para conhecer o trabalho realizado e tenho certeza que o resultado será aprovado”, convidou a coordenadora educacional da Secretaria de Educação, Dalva Teodoro de Azevedo da Silveira.   Secretaria de Comunicação - Secom
Ampliação de escola no Alphaville ganha ritmo acelerado

Ampliação de escola no Alphaville ganha ritmo acelerado

A Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos está conseguindo avançar rapidamente com a ampliação da Escola Municipal São Francisco de Assis, no Jardim Alphaville. Depois de um longo atraso devido a problemas com a construtora que venceu a primeira licitação, a obra foi retomada pelo município – por determinação do prefeito Celso Pozzobom – e após os procedimentos legais, repassada a outra empresa. O trabalho foi reiniciado no final de agosto e o prazo de entrega é de 270 dias (maio de 2018), caso não haja mais atraso nos repasses do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação.. Com a obra, a escola ganhará seis novas salas de aula, além de dependências funcionais e administrativas e um playground para o lazer das crianças. A ampliação compreende 920 metros quadrados de construção civil, orçados em R$ 964.826,00 e cerca de 40% dos projeto já foram executados. Segundo o prefeito Celso Pozzobom, a obra é parte dos investimentos programados em adequações, melhorias e ampliação da infraestrutura escolar municipal. A secretária Maria Clory Zanferrari (Educação) lembra que a retomada desta obra e a perspectiva de lançar mais vagas no sistema gera grande expectativa. “Tanto a administração quanto a equipe da Educação e o prefeito esperamos ver esta escola funcionando o quanto antes, pois sabemos os benefícios de uma boa educação, com qualidade, infraestrutura e segurança para os alunos”, disse. Outra escola municipal que a Prefeitura de Umuarama está construindo no Parque Primeiro de Maio também ganhou ritmo nas últimas semanas, depois de paralisação por falta de repasses do governo federal. A nova unidade, orçada em R$ 3,7 milhões, incluirá mais 3.121,38 metros quadrados à infraestrutura educacional do município, divididos em vários blocos com o total de 12 salas de aula. A unidade terá quadra coberta, com vestiários; pátio coberto, amplo refeitório, cozinha, despensa, área de serviço, laboratório, sala de informática, biblioteca, auditório multiuso e bloco administrativo. Os alunos terão ampla área de circulação ao ar livre e acesso aos ambientes por escadas e rampas. Com o atraso nos repasses de recursos, o prazo de conclusão precisou ser dilatado. “Conseguimos acelerar o andamento da obra, mas foi preciso rever o cronograma. O importante é que as famílias do Primeiro de Maio e bairros próximos terão uma escola moderna, completa e muito bem adequada e equipada para a educação dos filhos”, afirmou o secretário de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, Isamu Oshima, que acompanha de perto a construção.