Prefeito Junio Kazuo demonstrou interesse em ampliar o atendimento à população com a contratação de novos empreendimentos. Órgãos devem montar projeto para captação de recursos federais.

O presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, recebeu nesta semana a visita do prefeito de Cafezal do Sul, Junio Kazuo, na sede da companhia, em Curitiba. O gestor municipal solicitou a ajuda do governo estadual para a elaboração de um projeto destinado a construção de 43 casas populares na cidade.

A busca do prefeito acontece após a publicação de uma nova portaria do Ministério das Cidades sobre o Fundo de Arredamento Residencial (FAR), fonte de recursos usada na construção de empreendimentos para famílias com renda mensal de até R$ 1.800. “A prefeitura já possui área disponível para a construção das moradias e contamos com a experiência técnica da Cohapar para elaboração do projeto construtivo”, relata Kazuo.

A documentação conjunta a ser preparada entre os órgãos deverá ser encaminhada ao Ministério das Cidades para participação no processo seletivo do programa Minha Casa Minha Vida. Será necessário também buscar uma construtora parceira para execução das obras, o que pode ser feito por meio de um chamamento  público da prefeitura.

Lupion garantiu ao prefeito que a Cohapar está empenhada na realização destes projetos para contemplar os municípios paranaenses com habitação. “Por determinação do governador Beto Richa, a companhia está à disposição das prefeituras para dar todo o suporte na viabilização de investimentos”, explica o presidente.

INVESTIMENTOS – Nos últimos anos, o trabalho integrado entre governo estadual, governo federal e prefeitura permitiu resultou na entrega de 40 moradias a famílias da cidade, além de outras 17 da área rural de Cafezal do Sul. Os projetos somam cerca de R$ 1,7 milhão em investimentos dos três níveis do poder público para a localidade.

Acompanhou a reunião o diretor de Programas e Projetos da Cohapar, Orlando Agulham Júnior.