Roma (RV) –Nesta terça-feira (03/10) começa  no Centro de Proteção dos Menores da Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, o Congresso internacional “A dignidade do menor no mundo digital”.

Em parceria com a Aliança Global ‘Weprotect’,para o debate foram convidados,até dia 6, mais de 140 especialistas dos campos acadêmico, empresarial e da sociedade civil, além de lideranças políticas e religiosas, engajados no combate à exploração de menores online. É o primeiro evento deste gênero em nível global.

Crianças e adolescentes constituem um quarto dos mais de 3,2 bilhões de usuários da Internet no mundo. Esta geração de mais de 800 milhões de jovens está exposta ao risco de ‘bullying’ na Internet, extorsões, ultrajes e abusos sexuais: agressões que geram graves e por vezes permanentes sequelas psicológicas.

Centre for Child Protection

Fundado em 2012, o (Centro de Proteção de Menores, CCP) da Universidade Gregoriana é uma instituição-chave na luta global contra o abuso sexual.Seus âmbitos de ação incluem formação, pesquisa interdisciplinar, programas de doutorado, participação e organização de conferências internacionais. Atualmente, mais de 25 parceiros no mundo colaboram com o CCP para desenvolver estruturas de prevenção.

Sexta-feira (06/10), os participantes terão audiência no Vaticano com o Papa e apresentarão a Declaração final do Congresso. 

Em parceria com a Aliança Global ‘Weprotect’, foram convidados para o debate, até dia 6, mais de 140 especialistas dos campos acadêmico, empresarial e da sociedade civil, além de lideranças políticas e religiosas, engajados no combate à exploração de menores online. É o primeiro evento deste gênero em nível global.

Crianças e adolescentes constituem um quarto dos mais de 3,2 bilhões de usuários da Internet no mundo. Esta geração de mais de 800 milhões de jovens está exposta ao risco de ‘bullying’ na Internet, extorsões, ultrajes e abusos sexuais: agressões que geram graves e por vezes permanentes sequelas psicológicas.

Centre for Child Protection

Fundado em 2012, o (Centro de Proteção de Menores, CCP) da Universidade Gregoriana é uma instituição-chave na luta global contra o abuso sexual.Seus âmbitos de ação incluem formação, pesquisa interdisciplinar, programas de doutorado, participação e organização de conferências internacionais. Atualmente, mais de 25 parceiros no mundo colaboram com o CCP para desenvolver estruturas de prevenção.

Sexta-feira (06/10), os participantes terão audiência no Vaticano com o Papa e apresentarão a Declaração final do Congresso.