Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Igreja

Em julho, Papa reza por pessoas que se afastaram da fé para que possam redescobrir a proximidade de Deus e a beleza da vida cristã

Em julho, Papa reza por pessoas que se afastaram da fé para que possam redescobrir a proximidade de Deus e a beleza da vida cristã

Nesse mês de julho, a intenção de oração do Papa Francisco vai para as pessoas que se afastaram da fé. O vídeo em que o próprio Pontífice convida os fiéis a seguirem sua intenção de oração foi divulgado ontem, terça-feira, 4. “Pelos nossos irmãos que se afastaram da fé, para que, através da nossa oração e do nosso testemunho evangélico, possam redescobrir a proximidade do Senhor misericordioso e a beleza da vida cristã”, reza o Papa. O papa Francisco recorda que Jesus Cristo é a alegria, tem um amor fiel e inesgotável. - “Quando um cristão está triste, isso significa que ele se afastou de Jesus. Nesses momentos, ele não deve ficar sós, mas os fiéis devem levar a ele a esperança cristã, com a palavra e, sobretudo, com o próprio testemunho.      
 ‘A crise política não pode continuar’, diz presidente da CNBB

‘A crise política não pode continuar’, diz presidente da CNBB

“A crise política não pode continuar”. A afirmação é do cardeal d. Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Segundo ele, a entidade não se manifesta sobre a situação do presidente Michel Temer seguindo a tradição de não se pronunciar sobre governos e partidos, mas tem acompanhado de perto os desdobramentos da crise e discutido alternativas como a realização de eleições diretas. “A corrupção mata”, disse d. Sérgio Rocha.