Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Esporte

Chapecoense lança camisa em homenagem à Colômbia

Chapecoense lança camisa em homenagem à Colômbia

Arelação do Chapecoense com a Colômbia ficou mais forte após o acidente aéreo de 28 de novembro de 2016, com o voo da LaMia, que matou 71 pessoas, entre elas quase todo o time, diretoria e comissão técnica da equipe. E para realçar essa união, o clube catarinense lançou uma camisa em homenagem aos colombianos. Na ocasião, a equipe brasileira jogaria contra o Atlético Nacional pela final da Sul-Americana, mas a tragédia cancelou a partida. “A paixão é o que move o futebol e motiva qualquer superação. Também é o que une torcedores da Chape e da Colômbia. Isso inspirou a nova camisa da Umbro, feita para você carregar essa paixão no peito”, escreveu a Chape no Twitter. A distribuidora de uniforme explicou a escolha: "A Associação Chapecoense de Futebol traz para campo a La Pasión, que é o sentimento que motiva a torcida e jogadores para buscar qualquer superação. Indo de Chapecó a Medellin essa camisa representa tudo o que há em comum entre o povo brasileiro e a Colômbia: a paixão pelo futebol e todo respeito e admiração entre as duas nações. A cor principal do uniforme é o branco, transmitindo assim toda paz e harmonia entre os povos dos dois países. E a camisa ganha um visual arrojado, com detalhes nas cores da bandeira colombiana", explicou a Umbro em seguida. Chapecoense✔@ChapecoenseReal A paixão é o que move o futebol e motiva qualquer superação. Também é o que une torcedores da Chape e da Colômbia. Isso inspirou a nova camisa da Umbro, feita para você carregar essa paixão no peito. #VamosChape #Colômbia #LaPasión #UmbroNations 9:30 PM - Apr 13, 2018 · Sao Paulo, Brazil 10.4K 3,537 people are talking about this   Por: Noticias ao Minuto
Atlético Paranaense vence o Newell’s e abre vantagem na Conmebol Sul-Americana

Atlético Paranaense vence o Newell’s e abre vantagem na Conmebol Sul-Americana

A noite de quinta-feira (12) marcou a estreia do Atlético Paranaense na edição 2018 da Conmebol Sul-Americana. E em uma grande exibição, o Rubro-Negro aplicou 3 a 0 no Newell’s Old Boys, da Argentina. A partida foi válida pela ida da primeira fase. Pablo, Nikão e Guilherme anotaram os tentos, ainda na primeira etapa.  O jogo de volta, na Argentina, acontece no dia 10 de maio, às 19h15 [horário de Brasília], no Estádio El Coloso Del Parque, em Rosário. O time argentino mostrava um pouco de nervosismo no início do jogo. E foi em uma falha da equipe adversária que o Furacão criou a primeira chance. O goleiro errou o chutão para a frente e Nikão ficou com ela no meio de campo. Ele tentou dali mesmo, mas a bola saiu ao lado.  Aos cinco minutos, o Newell’s foi ao campo de ataque pressionar a saída de bola do Furacão, mas não deu certo. Thiago Heleno lançou Rossetto, que partiu em velocidade. Ele tentou o chute, mas a bola parou na defesa.  Três minutos depois, outra chegada. Paulo André viu bem a subida de Renan Lodi, que tabelou com Guilherme e fez o lançamento. O lateral-esquerdo cruzou para a área e Nikão pegou de primeira. A bola desviou e foi para escanteio.  Na cobrança de Guilherme na segunda trave, Pablo subiu mais alto que a defesa e testou para o fundo das redes. 1 a 0!  Aos 27’, Guilherme cobrou falta direto para o gol e o goleiro espalmou para escanteio. Depois da cobrança, a defesa não conseguiu afastar e Pablo finalizou à esquerda.  Pouco tempo depois, aos 31’, Nikão recebeu, cortou para o meio e tocou com categoria, rasteiro, no canto do goleiro, para marcar o segundo. 2 a 0!  Nikão teve outra chance aos 33’. Primeiro ele ganhou na força no meio campo e armou o contra-ataque. Depois, recebeu de Camacho e bateu forte para o gol. A bola desviou no meio do caminho e saiu em escanteio.  Mas o terceiro veio não muito tempo depois. A bola foi lançada de Lucho para Renan Lodi na área, aos 36’. Ele ajeitou de primeira para Guilherme, que chegou batendo e estufou as redes. 3 a 0 Furacão!  O Rubro-Negro continuou pressionando e dominando todas as ações do jogo até o final do primeiro tempo. A posse de bola da primeira etapa foi de 70% para o Furacão!  Mesmo com grande vantagem no placar, o Atlético Paranaense voltou para o segundo tempo com o mesmo ímpeto da primeira etapa. A primeira boa chance surgiu aos nove minutos. Guilherme cobrou escanteio da esquerda e Thiago Heleno cabeceou por cima, com perigo.  A primeira finalização do time visitante aconteceu aos 13’. Opazo tentou de longe, mas Santos caiu no canto esquerdo para praticar segura defesa.  Aos 25’, Guilherme cobrou falta da direita e Pablo cabeceou para o gol. O goleiro colocou para escanteio.  Cinco minutos depois, após boa troca de passes do time atleticano no campo de ataque, Lucho tocou para Rossetto, que tentou o toque por cima do goleiro. Pocrnjic desviou com o braço direito e a bola ia sobrando para Guilherme, mas a defesa tirou para escanteio.  Pavez também tentou o dele. Aos 34’, após receber passe de Pablo, ele tentou de perna esquerda, mas a bola passou ao lado.  Aos 39’, Felipe Gedoz cobrou falta da intermediária. A bola foi perigosa, mais foi por cima do gol.   Ficha técnica: Atlético Paranaense 3x0 Newell’s Old Boys Conmebol Sul-Americana 2018: Jogo de ida Data: 12/04/2018 [quinta-feira] Horário: 19h15 Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba   Público pagante: 10.158 Público total: 11.010 Renda: R$222.490,00   Árbitro: Gery Vargas [Bolívia] Auxiliares: Juan P. Montaño [Bolívia] e Reluy Vallejos [Bolívia] Quarto árbitro: Juan Nelio Garcia [Bolívia]   Atlético Paranaense: Santos; Paulo André, Pavez e Thiago Heleno; Camacho (Bruno Guimarães, aos 17’ do 2ºT), Lucho González, Matheus Rossetto e Renan Lodi; Nikão (Ribamar, aos 40’ do 2ºT), Guilherme (Felipe Gedoz, aos 32’ do 2ºT) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz Gols: Pablo, aos 9’ do 1º tempo, Nikão, aos 30’ do 1º tempo, Guilherme, aos 36’ do 1º tempo. Cartão amarelo: Renan Lodi   Newell’s Old Boys: Pocrnjic; San Román, Varela, Fontanini, Evangelista; Rivero, Sills, Figueroa (Deniz Rodriguez, aos 9’ do 2ºT), Torres, Fertoli (Alexis Rodriguez, aos 22’ do 2ºT) y Opazo (Treppo, aos 29’ do 2ºT). Técnico: Omar De Felippe Cartão amarelo: Fontanini, Opazo e Varela Colaboração Assessoria de Comunicação Clube Atlético Paranaense