Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Notícias

Adesão à biometria ainda é baixa entre eleitores de Umuarama

Adesão à biometria ainda é baixa entre eleitores de Umuarama

Para garantir um sistema de votação democrático e seguro, várias tecnologias têm sido desenvolvidas pela Justiça Eleitoral. No Paraná, merece destaque o desenvolvimento das urnas com leitor biométrico, que possibilitam ao eleitor registrar seu voto por meio da impressão digital. No dia da votação, após apresentar os documentos, a identidade do eleitor será confirmada por meio da sua impressão. Caso o mesário tenha dúvidas com relação ao eleitor, ou se a sua digital não for reconhecida, ele terá à sua disposição a folha de votação com as fotos de todos os eleitores daquela seção, a qual poderá recorrer para confirmar a identidade. A meta do Projeto Biometria 2017/2018, lançado pela Justiça Eleitoral em Umuarama, é chegar a pelo menos 85% do eleitorado até março de 2018. A atualização cadastral e registro das digitais começou em 3 de abril e teve boa procura nos primeiros dias, porém o número de eleitores que tem comparecido ao Fórum Eleitoral vem caindo. O prefeito Celso Pozzobom alerta para a importância do procedimento. “É necessário que todos façam a biometria dentro do prazo para não correr o risco de perder o título e não poder voltar nas eleições do ano que vem. A participação é importante, também, para atualizar o número de eleitores de Umuarama. Se deixar para a última hora o eleitor poderá enfrentar filas e outros transtornos”, orienta o prefeito. Para facilitar o procedimento, a Justiça Eleitoral disponibilizou um serviço de agendamento que permite ao eleitor escolher dia e horário de atendimento, tornando tudo muito mais prático e rápido. A Comarca de Umuarama é composta pelos eleitores da sede e também dos municípios de Maria Helena, Perobal e Douradina, além de Umuarama. O cadastramento é obrigatório. O expira em 22 de setembro e quem não fizer a biometria terá o título suspenso, ficando impedido de votar.   Fonte: Secretaria de Comunicação - Secom
Bispo Dom João Mamede fala sobre Dia Mundial das Comunicações Sociais

Bispo Dom João Mamede fala sobre Dia Mundial das Comunicações Sociais

Nesta quinta-feira (25) pela manhã,  o Bispo Diocesano, Dom João Mamede Filho,  conversou com alguns profissionais da imprensa e falou sobre  o 51º Dia Mundial das Comunicações Sociais que este ano vem com o  tema: “Não tenhas medo, que Eu estou contigo” (Is 43, 5) – Comunicar esperança e confiança, no nosso tempo”.  Em seu pronunciamento Dom João falou que,  desde o Concílio Vaticano II, a igreja se deu conta que no mundo estava acontecendo algo muito importante, algo fundamental e determinante para a história, que eram as comunicações que estavam ganhando corpo, se estendendo por toda parte e se enchendo de aparelhos que facilitam tanto a comunicação oficial e a pessoal dos profissionais e disse ‘nós não podemos deixar isso passar em branco, sem uma palavra nossa, sem uma iluminação do evangelho de Jesus em cima disso’. “Então há 51 anos tem o Dia Mundial das Comunicações para a igreja parar um pouquinho e pensar como é que ela está se havendo com esse mundo tão importante hoje, tão determinando”, enfatizou o Bispo. Dom Mamede  falou também sobre  o tema este ano que é: “Não tenhas medo, que Eu estou contigo” e ressaltou que o tema remete a uma provocação  para a comunicação em vista da esperança e lembra que o  Papa Francisco argumenta no documento dele que a realidade é um amontoado de fatos, uma visão puramente unívoca ...o papa diz: ‘pra que ficar com o óculos do negativo? Nossa mente é igual uma pedra de moinho movido por água, ela sempre mói alguma coisa, ela não para, agora o que ela mói somos nós que colocamos lá para ser moído. Porque não colocamos o trigo ao invés do joio? Diz.  Dom João lembra que o Papa se sente convocado a ser um apóstolo da comunicação da esperança, sem esconder o mal e o sofrimento, mostrar que ele tem também sementes do reino. “O mal absoluto não existe, não existe mal puro, aquilo que a gente pensa que é mal é muito mais chance de bem do que mal”, diz.  E finaliza dizendo uma fala do ator espanhol Antonio Bandeiras  que ganhou recentemente um prêmio Platinum de cinema latino- americano e segundo Dom João, ele estava comentando sobre a  situação dos latinos nos Estados Unidos com o novo presidente e cita Cervantes de Dom Quixote. “Para os que não estão acostumados com as coisas deste mundo, pensam em dificuldades em vez de possibilidades e não sabem que atrás das mais  sombrias e duras dificuldades estão muitas luzes e muitas saídas”, encerra o Bispo Dom João Mamede. O Dia Mundial das Comunicações Sociais, única celebração do género estabelecida pelo Concílio Vaticano II (decreto ‘Inter Mirifica’, 1963), é celebrado no domingo que antecede o Pentecostes, este ano no dia 28 de maio. A coletiva hoje aconteceu contou com a presença do Pe. Carlos Alberto de Figueiredo, coordenador do DECOM (Departamento de Comunicação Diocesana) e diretor da Rádio Inconfidência.   Luiza Lima Fotos: Juliano Alves